25 jovens querem tornar-se guias turísticos em Oé-Cusse

25 jovens querem tornar-se guias turísticos em Oé-Cusse

De 24 a 26 de outubro, ocorreu uma formação de guia turístico em Oé-Cusse. Durante essa formação, 25 jovens estudantes, incluindo 13 mulheres, aprenderam técnicas de orientação, hospitalidade, atendimento ao cliente, consciencialização cultural e outras ferramentas necessárias para entrar na crescente indústria do turismo.

A técnica de orientação e os trabalhos de mesa foram incluídos na formação que forneceu informações teóricas e exercícios práticos para ganhar experiência. Os estudantes visitaram Fatu Suba e a Gruta de Santo António e aprenderam a comunicar com os turistas de maneira carismática, divertida e informativa.

Elisa Bene, uma das participantes, disse que gostou da formação porque “isso mostrou-me muitas coisas e o trabalho em si pode ajudar-me a promover minha cultura e a da região. Além disso, também posso aperfeiçoar-me, especialmente no que se refere ao meu inglês. Mozinho Manequin afirmou que “eu realmente tenho interesse em ser um guia turístico, porque a formação em si tem muitos benefícios e, além de ganhar dinheiro, também podemos encontrar muitos amigos de vários países que compartilham experiências, histórias e cultura”.

Arie Asgari, a formadora deste evento, comunicou com os alunos e respondeu a todas as suas perguntas. No final dos três dias, confessou aos alunos que “Oé-Cusse tem todo o potencial para se tornar um grande destino turístico. Para mim, ser um guia de turismo é a escolha certa, este é o melhor trabalho, vocês só precisam lembrar-se de nunca parar de aprender. ”

Esta formação foi organizada pela Secretária Regional de Turismo Comunitário da RAEOA – ZEESM TL com o apoio do PNUD.