Agricultores de Lakufoan recebem novos equipamentos de processamento para melhorar a qualidade do café e aumentar acesso aos mercados

Agricultores de Lakufoan recebem novos equipamentos de processamento para melhorar a qualidade do café e aumentar acesso aos mercados

Na quinta-feira, 27 de junho de 2019, 15 agricultores representando os cafeícultores de Lakufoan envolvidos no programa de Agronegócio desenvolvido pela RAEOA – ZEESM TL e UNDP Timor-Leste receberam novos equipamentos de processamento destinados a melhorar a qualidade do café. O Secretário Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural da RAEOA – ZEESM TL, Sr. Regio da Cruz Salu e funcionários do programa de Agronegócio viajaram para Lakufoan para entregar os novos equipamentos, que incluíam três máquinas de descascador, duas colheres de ferro e algumas redes de secagem.

Este novo equipamento de processamento de café facilitará o trabalho dos agricultores de Lakufoan, mecanizando algumas fases do processo e economizando tempo e esforço. Além disso, os resultados obtidos serão de maior qualidade e permitirão vincular os agricultores locais ao mercado cafeeiro nacional. Graças ao uso das máquinas de descascar, os grãos de café receberão um tratamento menos agressivo ao remover a casca e permitirão aos agricultores obter um grão de qualidade superior.

Durante a reunião de distribuição, os agricultores expressaram satisfação e entusiasmo pelo novo equipamento recebido. O representante dos produtores de café na comunidade de Lakufoan, Sr. Duarte Afulit, agradeceu ao pessoal técnico do programa de Agronegócio pelo seu trabalho árduo e encorajou a RAEOA – ZEESM TL e PNUD a continuar a trabalhar em cooperação com os agricultores locais para expandir os bons resultados. O Sr. Afulit concentrou seu discurso na necessidade de aumentar a produção em Oé-Cusse e melhorar a qualidade do café para alcançar os critérios dos mercados local, nacional e internacional. O Secretário Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Sr. Regio da Cruz Salu, não quis deixar de agradecer aos técnicos e agricultores pelo grande esforço investido durante este processo e encorajou os produtores a continuar trabalhando com este novo equipamento para alcançar uma qualidade de café uniforme em Oé-Cusse. O Sr. Salu afirmou que “o governo está comprometido em continuar a inovar na indústria de produção de café em Oé-Cusse e a ajudar os agricultores a aumentar sua produção e produtividade de café através do programa de Agronegócio. O Secretário expressou ainda que “de acordo com o nosso plano, antes do final de 2019, o governo e os agricultores de Lakufoan trabalharão juntos para plantar mais 80.000 mudas de café em Lakufoan entre novembro de 2019 e janeiro de 2020”.

Os agricultores de Lakufoan aproveitaram a oportunidade para explicar ao Sr. Salu os três novos métodos de processamento de café aprendidos há um mês, numa formação de três dias sobre a melhoria da qualidade do café implementada pela Assosiasaun Café Timor (ACT), em que participaram ativamente 55 agricultores Atoni, 36% dos quais mulheres.

Esta colaboração com a ACT faz parte do plano de Agronegócios desenvolvido pela RAEOA – ZEESM TL, com o apoio da UNDP Timor-Leste, cujo objetivo é aumentar a produtividade dos produtores de café em Oé-Cusse e melhorar a qualidade do produto final para o lançamento para o mercado.