CAFEÍCULTORES DE OÉ-CUSSE PARTICIPAM DO FESTIVAL KAFÉ TIMOR 2019

CAFEÍCULTORES DE OÉ-CUSSE PARTICIPAM DO FESTIVAL KAFÉ TIMOR 2019

Na semana passada, seis produtores de café Atoni viajaram a Dili para participar na quarta edição do Festival Kafé Timor. O festival, organizado pela Assossiação Café Timor (ACT), foi proclamado como um evento imperdível para todos os agricultores e empresas de café de Timor-Leste interessadas em partilhar os seus produtos e conhecimentos, com o objetivo de melhorar sua qualidade e presença no mercado. .

Este ano, seis agricultores da região de Oé-Cusse, acompanhados por três especialistas em café e funcionários da Secretaria Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural da RAEOA – ZEESM TL, visitaram o evento com o objetivo de aprender e melhorar seu próprio café. Os agricultores, a equipa da UNDP e da ZEESM TL aproveitaram a oportunidade para formar novas alianças com outras empresas de café com o objetivo de fortalecer o setor agrícola da região e melhorar os seus resultados.

A abertura do Festival Kafé Timor ocorreu na segunda-feira, 14 de outubro. No dia seguinte, realizou-se um workshop conduzido por mulheres sobre como incentivar as mulheres a envolverem-se na indústria cafeeira. Na sexta-feira, os participantes visitaram a produção de café de Quirilelo, no distrito de Aileu, onde foram introduzidas técnicas de poda, adubação e diversificação de plantas para garantir e aumentar a produtividade e a qualidade do café. Nos dias restantes, o festival foi palco do concurso Qualidade do Café. No sábado, dia 19, o festival foi encerrado no Timor Plaza, onde se reuniram todos os participantes e teve lugar uma exposição dedicada ao tema do café.

Os agricultores participantes, juntamente com os funcionários da Secretaria Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, ficaram muito gratos pela oportunidade de participar neste evento. As técnicas inovadoras, métodos, processos e o uso de novos equipamentos partilhados na semana passada mostraram os resultados de seu trabalho árduo e motivaram-nos a melhorar sua própria produção.