Ambiente

Ambiente

A população de Oé-Cusse tem uma forte ligação cultural à sua terra e a ZEESM TL incorpora esta proteção ambiental no seu plano de desenvolvimento económico.

Reserva Florestal

A recuperação e crescimento das áreas florestais de Oé-Cusse é fundamental ao seu desenvolvimento. Em cada aldeia, um guarda florestal garante a proteção de árvores em crescimento e já adultas. Uma área também foi destinada a uma futura reserva natural.  Em conjunto com a comunidade de Leobatan, uma área que já era considerada culturalmente importante mas que infelizmente se encontrava degradada foi escolhida para ser restaurada. A comunidade ajudou na construção duma vedação, áreas foram demarcadas para silvicultura ao redor da reserva, e treinaram-se entre si em horticultura para aumentarem o rendimento nutricional das áreas agrícolas atuais. Leia mais sobre estes métodos na nossa secção sobre agricultura.

Métodos Orgânicos

Os métodos orgânicos de cultivo são ativamente encorajados. Os químicos locais disponíveis nos mercados não respeitam o ambiente em Oé-Cusse e danificam a terra, diminuindo a sua fertilidade. Estrume de vaca e outros métodos disponíveis gratuitamente são mais económicos e sustentáveis. Os alimentos produzidos têm também mais nutrientes, um resultado importantíssimo para uma região que tem pouca terra agrícola. Leia mais sobre isto na secção sobre agricultura.

Recarga de Aquíferos

Durante os anos de seca causados pelo El Niño, a pluviosidade registada foi baixa. É importante que a recarga de aquíferos seja protegida durante os anos com muita chuva de modo a garantir o fornecimento de água nos anos secos. A água circula desde as montanhas até à costa, as taxas de recarga de aquíferos e a gestão de água são tidas em conta no desenvolvimento do plano de saneamento de Pante-Macassar.

Proteção Animal

Tradicionalmente, sempre existiram épocas do ano em que a caça não era permitida em Oé-Cusse. Este princípio foi incorporado na lei nacional de Timor-Leste e a ZEESM TL fomentou a sua compreensão em áreas importantes. Uma dessas áreas é a floresta perto de Citrana, uma área destinada ao turismo amigo do ambiente. É a maior área de floresta tropical costeira na região.  Devido aos esforços encetados pelos anciãos da aldeia local e pelos ambientalistas, a caça foi reduzida.

Proteção dos Corais

Foram concebidos planos de desenvolvimento urbano para preservar todos os corais, até aqueles mais afastados das áreas de maior construção. É possível ver corais a apenas alguns metros offshore a partir da rua principal de Pante-Macassar.

Materiais

Quando possível, são utilizados materiais locais para substituição, por exemplo pedras do rio Tono foram esmagadas em diferentes tamanhos para a construção de estradas. Já que isto é uma atividade económica tradicional, a utilização de materiais locais também aumentou o emprego local.

Planeamento

Como parte do processo de planeamento, partes essenciais do ambiente são preservadas.  Árvores antigas, áreas sagradas e locais de beleza natural são evitados ou integrados nas novas estruturas, sempre que possível. Por exemplo, em frente do hospital, uma fila de árvores antigas foi incorporada na concepção da estrada e da entrada do hospital. Este desenho criou uma área de sombra na entrada do hospital para os familiares que aguardam os pacientes.

A ZEESM TL escolheu um serviço de hospedagem de sítios da Internet amigo do ambiente, pelo que este sítio da Internet não tem custos ambientais.