Energia

Energia

O fornecimento estável e seguro de energia aos agregados familiares e aos negócios é uma das bases mais importantes para o plano da ZEESM TL em melhorar a vida em Oé-Cusse.

O fornecimento estável de energia permite que as árvores não sejam utilizadas como lenha, melhora a saúde e diminui a carga de trabalho das mulheres nos respetivos agregados, permite que os negócios calculem gastos e invistam, permite que os agricultores cozinhem ou congelem a sua produção até que seja vendida a um preço mais elevado, quando os custos de transporte sejam baixos e os mercados se encontrem abertos.

Electricity Grid in Oé-Cusse, Timor-Leste. Credit: Rui Da Silva Pinto

Central Elétrica

A central elétrica Inur Sakato [Tétum] [Inglês] foi construída e pode produzir 17,3 MW. A central encontra-se presentemente a utilizar apenas uma pequena parte da sua capacidade, a capacidade extra destina-se a antecipar um aumento do fornecimento assim que mais habitações comecem a utilizar eletricidade enquanto fonte de luz e para cozinhar e que haja mais negócios.  O fornecimento de energia eléctrica altera-se automaticamente assim que a energia é utilizada na totalidade. Mantendo o nosso compromisso com a educação, nove estudantes universitários Timorenses estão a ser formados na operação da central eléctrica em equipas de quatro, alguns deles podem ser visualizados nas fotografias do nosso sítio da Internet.

Fornecimento de Eletricidade

Mais de 70% dos agregados familiares em Oe-Cusse têm agora acesso a eletricidade. Este acesso é tanto rural como urbano. Nas áreas rurais de Nitibe e Oesilo, por exemplo, mais de 70% das habitações já se encontram conectadas à rede eléctrica. Mais habitações dispõem de painéis solares nestas áreas. As habitações que ainda não estão conectadas são as mais isoladas, normalmente a mais de 2 quilómetros da rede. Neste momento, encontra-se em curso um levantamento para avaliar se estas habitações se encontram demasiado longe da rede para serem abastecidas. Este tipo de avaliação é moroso pois algumas habitações ficam a mais de 3 horas desde a estrada mais próxima. Caso não possam ser abastecidas pela rede, painéis solares serão utilizados para garantir o fornecimento de eletricidade. Este método já se demonstrou bem sucedido em Oé-Cusse.

Manutenção

O acesso teórico à eletricidade não constitui um avanço caso o fornecimento não seja fiável.  Por esta razão, a ZEESM TL considera que a principal conquista alcançada pela central elétrica, pela rede e pela equipa de manutenção é que o fornecimento de eletricidade tem sido estável desde a abertura da central.

Energia Renovável

A primeira prioridade da ZEESM TL é o fornecimento de eletricidade aos cidadãos de Oé-Cusse.  Isto por si só tem um efeito positivo pois a garantia duma fonte de energia estável permite a recuperação ambiental já que menos madeira é utilizada como fonte de energia. Na fase de concepção, foram efetuadas opções amigas do ambiente na medida do possível. O combustível escolhido para a central elétrica, por exemplo, é Fuelóleo Leve, uma opção mais limpa que Fuelóleo Pesado. Outras opções renováveis futuras foram sondadas. Por exemplo, a energia eólica não é possível em Oé-Cusse pois não existe vento o ano inteiro. Porém, a energia solar é considerada uma opção viável e estudos aprofundados encontram-se em curso.